31.10.12

MICKEY 315

Janeiro de 1979 - quando os desenhistas brasileiros trabalhavam sempre - e nos davam o privilégio de ver e nos divertir muito com suas histórias. Roteiro do nosso amigo Primaggio Mantovi e desenhos de Moacir Rodrigues Soares - "O Grande Golpe do Dr. X". Histórias nunca republicadas: "O Nó com a Noz" de Adrian Sorensen - "Morcego Vermelho no Pais das Maravilhas" de Carlos Edgard Herrero - "Dinheiro em Flocos" de Antoni Gil Bao e "Os Peixes Iac Iac!" de Jaime Diaz Studio.
Scan e Tratamento: Vargas do Gremio



LINK MEDIAFIRE PARA DOWNLOAD

MICKEY 122

Dezembro de 1962, trazendo uma história de Paul Murry nunca republicada: "Ganhe a Granel...Produzindo Mel" - Jack Bradbury "Agarre seu Leitão" e "Um Delegado na Lama" de Kay Wright.
Scan: Esquiloscans / Tratamento: Rod Gibi



30.10.12

ESPANHA - CLASICOS DE LA LITERATURA 13 AO 16


 
Scan e Tratamento: Mcalder (CRG) / Quadrinhos Kids 


LINK PARA DOWNLOAD DO VOLUME 13

LINK PARA DOWNLOAD DO VOLUME 14

LINK PARA DOWNLOAD DO VOLUME 15

LINK PARA DOWNLOAD DO VOLUME 16

ESPANHA - CLASICOS DE LA LITERATURA 09 AO 12


Scan e Tratamento: MCalder CRG / Quadrinhos Kids

LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 09

LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 10

LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 11

LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 12

DISNEY TEMÁTICO 03 - SUPERPATO 40 ANOS

Scan e Tratamento: Onomatopeia Digital

O amigo Eudes Honorato, do excelente blog "Onomatopéia Digital" - nos traz um dos grandes lançamentos dos últimos anos pela Editora Abril - esta edição comemorativa de 2009 comemorando os 40 anos de um personagem criado por Guido Martina e Giovan Batista Carpi - como resposta aos leitores que reclamavam que o Donald era só um personagem preguiçoso e até covarde - na verdade, um fato que os próprios roteiristas italianos até hoje só incentivaram para provocar o "riso fácil". Quem conhece o personagem sabe que ele também é capaz de atos heróicos sem precisar de máscaras, equipamentos ou ternos...como fêz nos tempos de Carl Barks, por exemplo.
Em 1973, no "Almanaque Disney 27" o Superpato foi apresentado aos leitores brasileiros em 43 páginas, refeitas pela diagramação da época.
A grande novidade aqui é a primeira história publicada na íntegra (60 páginas) e pela primeira vez: "O Diabólico Vingador".


28.10.12

NOSSO TIO BRASILEIRO

A edição especial que comprei ontem nas bancas me fêz voltar aos tempos de criança. "70 Anos do Zé Carioca" realmente é um belo trabalho de pesquisa do Paulo Maffia e só foi possivel graças ao Fernando Ventura - editor chefe da Editora Abril que deu o seu aval - ou como se dizia naquela época: "deu carta branca"!
  O "Chutinosaco" acabou até sendo "homenegeado"(Rsrsrs) em suas páginas por uma incrivel coincidência...quando o nosso "Tio" Walt Disney esteve por aqui e acabou criando o papagaio "símbolo" do Brasil - a foto é justamente a da praia de Copacabana, que ilustra o nosso blog - quando ele aparece maravilhado e super descontraído - filmando tudo pela frente e parece se divertir muito!

Além de comentar este lançamento em seu primeiro volume -  que traz as primeiras tiras de jornais desenhadas para promover o personagem - desenhadas por Bob Grant e Paul Murry que foram digitalmente melhoradas e as cores reproduzidas exatamente como na época - também algumas histórias feitas por Luis Destuet, Jorge Kato e Valdyr Igayara de Souza e reportagens que explicam as fases iniciais do Zé Carioca desde sua criação em 1941 para o filme "Alô Amigos" - eu  quero mostrar as outras fotos que fizeram a passagem deste gênio - que foi o "Tio Walt" - pelo nosso país se tornar inesquecível!  
Tio Walt dançando com sua esposa, Tia Lilian
Todas as fotos feitas por: Hart Preston / Time & Life Pictures / Getty Images 

"Isso prova que os gênios também são comuns em sua grandeza!"

 LUIZ  DIAS

Outubro 2012 

MICKEY 121

Continuando com a comemoração dos "60 Anos da Revista Mickey no Brasil" esta edição de novembro de 1962 com 4 histórias nunca republicadas de Paul Murry: "A Pajem Perfeita" - "Gatos vs. Cachorros" - "Surpresa" e "O Direito de Aquecer-se". 
Scan: Esquiloscans / Tratamento: Rod Gibi


27.10.12

BAÚ DA DISNEY - GRANDES MESTRES 02

Mais um incrivel Especial desenvolvido pela equipe de "A Gibiteca" com as melhores histórias de Don Rosa escolhidas pelo Vejita. 
Scan e Tratamento: A Gibiteca

LINK MEDIAFIRE PARA DOWNLOAD

MICKEY 232

O amigo Jorge Storace escaneou e tratou este gibi de fevereiro de 1972 que traz a história de Giorgio Cavazzano: "O Monstro de Ripitânia" e as histórias nunca republicadas: "Amigos Amigos, Jantares à Parte" de Glenn Schmitz - "Criados Malcriados" e "O Inominável Homem da Neve" de Carson Van Osten. 
Scan e Tratamento: Jetscans


NOVO LINK PARA DOWNLOAD

26.10.12

COLEÇÃO LUCIANO GATTO 02 - CALAFRIOS NO EQUADOR

Nesta segunda história inédita da "Coleção Luciano Gatto" - um simples fim de semana de folga na sua ilha, pode colocar o nosso Tio Patinhas numa grande "gelada"! 
 A capa, os scans e a restauração são feitas pelo próprio Mestre Luciano  Gatto - especialmente para os seus fãs brasileiros!   Tradução: Luiz Dias











25.10.12

ESPANHA - CLASICOS DE LA LITERATURA 05 AO 08


Scan e Tratamento: Mcalder (CRG)/Quadrinhos Kids


LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 05

LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 06

LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 07

LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 08

ESPANHA - CLASICOS DE LA LITERATURA 01 AO 04


Scan e Tratamento: Mcalder(CRG) - Quadrinhos Kids 

LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 01

LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 02

LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 03

LINK PARA DOWNLOAD VOLUME 04

CLÁSSICOS DA LITERATURA DISNEY 21

A capa desta edição é do brasileiro Carlos Mota e a colorização é da Cris Alencar, nossa entrevistada - ilustradora premiada. Temos clássicos como: "O Cão de Basketville" de Tony Strobl - "Os Detetives Mirins" de Carl Barks - Stefano Intini, um dos novos artistas italianos apresenta: "Daisy Holmes e a História de Sherlock Holmes" e Giorgio Cavazzano e o "Mundo Perdido" - também parodiando a obra de Artur Conan Doyle.   




"CHUTIENTREVISTA" COM CRIS ALENCAR

O "Chutinosaco" tem conseguido falar com artistas incríveis que representam os quadrinhos desde o processo de criar a história - até o desenho que ilustra o roteiro e a colorização final. Nosso segundo personagem da semana é uma mulher incrível - brasileira - e que já tem uma carreira consolidada no mundo todo - apesar de bem jovem, é respeitada por grandes Mestres dos quadrinhos mundiais.  Com exclusividade, ela conversa comigo agora!
1) Cris Alencar, primeiramente obrigado por nos contar um pouco do seu trabalho. Você com 30 anos, e já tem uma importância significativa nos quadrinhos mundiais. Como você começou esta sua carreira de sucesso?


 Olá, Luiz e a todos os leitores do blog - agradeço a oportunidade de falar a vocês. Comecei com 25 anos, em 2007. Já atuava como ilustradora desde 2002 e então posteriormente tive contato com o Carlos Mota, que felizmente gostou de minhas pinturas e a partir de então começamos a trabalhar juntos em diversos projetos.



2) Você está trabalhando num projeto de quadrinhos Disney inédito por aqui: "A História do Mundo" - com Andrea Freccero. O que é este trabalho e como você participa, ilustrando à partir do original do artista?


 A "História do Mundo" é uma série de 6 livros, onde participei com as pinturas das capas e lombadas, publicada inicialmente na Finlândia. Cada volume representa um período da nossa história, desde o (pato) neanderthal até os tempos modernos. Foi muito interessante ter participado deste projeto pois para cada ilustração, foi necessária uma extensa pesquisa sobre o respectivo período histórico, desde roupas e cores de vestimentas, até materiais e texturas utilizadas nos objetos.




3) Você foi premiada pelos Correios do Brasil pelo projeto do centenário de Oscar Niemayer. Gostaria que você contasse como surgiu a idéia, a criação do sêlo e depois como foi ganhar o Troféu "Olho-de-Boi"?
Foi uma agradável surpresa ter sido premiada por este trabalho e também por ter representado o Brasil em eventos filatélicos no exterior em 2010.
Na verdade foi tudo muito corrido, tive uma semana para realizar o projeto, da pesquisa e produção de referências à realização das ilustrações. O tema se relacionava com as obras de Niemeyer, especialmente o Memorial da América Latina em São Paulo e o MAC do Rio de Janeiro.
 Após este processo, o trabalho foi enviado ao próprio Niemeyer e sua equipe para a aprovação. Um ano mais tarde, recebi a notícia sobre a premiação e o troféu Olho-de-Boi.




4) Você trabalha com o desenhista Carlos Mota - que o "Chutinosaco" entrevistará um dia - como é essa relação - onde você, com seu talento, aprimora o trabalho dele?
O Carlos é um grande amigo de longa data e uma pessoa muito agradável, e com certeza um dos melhores artistas com quem já trabalhei. Tivemos trabalhos publicados em diversas partes do mundo e sempre muito prazerosos de realizar. O que procuro sempre com o meu trabalho é acrescentar e realçar, de forma que a ilustração ganhe ambientação e mais vida, mas sem perder a originalidade da arte dele e de cada autor.




5) Você poderia nos mostrar o seu processo de trabalho, enviando um desenho original (O traço em P & B) para mostrar como são as fases de colorização?

Não tenho no momento um 'passo a passo" registrado, mas envio dois exemplos do que é o trabalho realizado, basicamente como descrito anteriormente. Recebo a ilustração em preto e branco e finalizada em nanquim, mas sem traços e preenchimentos. A partir daí começo o processo de colorização.



6) Além da Abril, para quais Editoras você trabalha?

No momento trabalho apenas para a Disney francesa e eventualmente para outros países.



7) Você curte quadrinhos - qual seu personagem preferido e tem alguma história dele(a) que você gostaria de reler?
Amo trabalhar com Disney e toda a arte produzida pelos talentosos desenhistas, mas entre os quadrinhos, adoro ler "Calvin e Haroldo" (não fiquem chateados comigo ). Tenho quase todos os livros, li e reli diversas histórias. Durante a adolescência, gostei muito de ler "Batman" também. Mas o que gosto de ler mesmo são livros, de autores como George Orwell, Kurt Vonnegut, Machado de Assis etc.



8) Gostaria agora de agradecer novamente, te desejando muito sucesso na sua carreira e assim que tiver mais projetos peço que nos mande um "release" para que eu possa postar no "Chutinosaco", ok? Deixe uma mensagem final para nossos visitantes, por favor.
Eu que agradeço novamente a você Luiz pela oportunidade, o trabalho do colorista é em geral quase anônimo e é sempre uma ótima surpresa quando recebemos algum reconhecimento do público pelo que fazemos. Sou um pouco concisa na hora de escrever, mas espero que tenham gostado.

Um abraço a todos!


CRIS ALENCAR 

OUTUBRO 2012

24.10.12

MICKEY 221

Edição de março de 1971 que tem como aventura principal, de Tony Strobl - "Romanos em Romaria". Além desta, outras histórias nunca republicadas são: "Confiar, Desconfiando Sempre" de Phil DeLara - "Cabeça, a Grande Ferramenta" de Pete Alvarado - "A Grande Corrida" de Tony Strobl - "Caçar Pedras é de Lascar" de Pete Alvarado e "Uma Retribuição Difícil" de Al Hubbard.
Scan e Tratamento: Rod Gibi



MICKEY 220

Scan: João e Néia / Tratamento: Quadradinhos Patópolis

LINK MEDIAFIRE PARA DOWNLOAD

GRAPHIC DISNEY 01 - PATRULHA DO UNIVERSO

Para resumir, foram 3 "Graphic Novels Disney"...esta é a primeira.
Foi totalmente produzida no Brasil na Editora Abril em abril de 1991 com roteiro de Gerson L.B. Teixeira e desenhos de Eli Marcos M. Leon, Watson Portela e Antonio de Lima.
Foi colorizada por Alexandre Silva - o nosso "Chutientrevistado".

Scan e Tratamento: Eudes Honorato/ Rapadura Açucarada


LINK MEDIAFIRE PARA DOWNLOAD

23.10.12

"CHUTIENTREVISTA" COM ALEXANDRE SILVA

Nossa "Chutintrevista" sempre que possivel - procura artistas nacionais que fazem quadrinhos e sabem bem como é difícil o nosso mercado gráfico brasileiro. São vencedores em suas áreas pelo mérito próprio e são movidos pela paixão - que é trabalhar com a nona arte.
Nesta semana - teremos duas entrevistas aqui no blog - que vão nos apresentar dois personagens que nos orgulham: o primeiro deles é: Alexandre Silva.  
1) Conte como você participou do projeto pioneiro da Disney-Abril no Brasil, a Graphic Novel: "Patrulha do Universo" - com Tio Patinhas, Donald e sobrinhos.

Eu trabalhava na Redação Disney e o meu chefe era o Euclides Miyaura. O gerente era o Julio de Andrade. Na época, as Graphic Novels estavam em alta e a Disney ainda não havia se aventurado na área. Como a Disney/Abril tinha carta branca para fazer novos projetos, decidiu-se fazer a primeira Graphic Novel Disney brasileira, e o pessoal já conhecia meu trabalho de colorização em títulos como "PATETA É..." e "CONAN". Fiz um teste com as três primeiras páginas, que foi enviado a matriz americana, para aprovação. Fiquei muito feliz quando soube do OK da Disney! Mas para fazê-la dentro da redação não era possível e o prazo era curto. Então, a direção me liberou para trabalhar em casa.
Durante trinta dias, fiquei trancado, pintando à mão, as 44 páginas da HQ. O detalhe é que eu estava as vésperas do meu casamento, então eu tive que parar várias vezes para que meus móveis fossem entregues! Uma loucura! Varava madrugadas trabalhando. Tinha muitos efeitos, cenas de tempestade, cenas no espaço e tive que pesquisar para pintá-las. Foi uma honra trabalhar com Watson Portela, Gerson Teixeira, Eli Leon, Antonio Lima. Foi extremamente gratificante e é o meu trabalho preferido até hoje.
"Eu pintei sobre um canson fino com a impressão em azul bem forte, chamada impressão cianográfica. Passei guache branco em todos os textos dos balões, para não dar duplicidade quando fosse aplicado o texto em preto. É isso."


2) Como, e quando você começou sua carreira - em quais editoras já trabalhou?

Comecei em 1986, no Estúdio Ely Barbosa. Participei das revistas 'TURMA DA FOFURA", 'O GORDO" e "PATRÍCIA". Em 1989, fui contratado pela Abril Jovem para trabalhar na Redação de Quadrinhos Disney, onde fiquei por 8 anos. Fiz "O PATO DONALD", "ZÉ CARIOCA", "URTIGÃO" e muitas outras, sempre como colorista e assistente de arte. Passei pela Editora Escala onde fiz "FORCA ÔMEGA" e "STREET FIGTHER". Quando saí da Abril em 1997, ingressei na área de livros didáticos e entrei na Saraiva, onde estou até hoje. Mas paralelamente sempre procuro trabalhar com quadrinhos, que é a minha paixão.

3) Como foi poder conhecer e trabalhar com Ely Barbosa?

Ele foi meu primeiro e grande Mestre, um brilhante criador de personagens e quadrinhos. Acima de tudo era um grande amigo. Trabalhar com ele foi a realização de um sonho, porque eu era leitor de suas revistas, então a emoção era muito grande. Sou fã incondiconal dele e do seu trabalho. O período em que trabalhei no seu estúdio foi maravilhoso. Éramos uma equipe pequena, porém bastante unida. Todos jovens e boa parte iniciante. Hoje são grandes artistas atuando em diferentes áreas.
4) Quem foram seus parceiros nestes projetos de ilustração e de quadrinhos? E quem faz parte de sua equipe hoje?

Trabalhei ao longo desses meus 26 anos de carreira com grandes artistas, na maioria das vezes atuando como colorista, seja à mão ou no computador. Além de Ely Barbosa (TURMA DA FOFURA, O GORDO), trabalhei com os quadrinhos de Arthur Garcia (PULSAR, FORÇA ÔMEGA), Eduardo Vetillo (CHAVES E CHAPOLIM), Sérgio Morettini (MICO LEGAL), César Sandoval (A TURMA DO ARREPIO), Alexandre Nagado, Primaggio Mantovi, Grego, Aparecido Norberto...Não tenho uma equipe, mas quando pego um trabalho relativamente grande, aí sim monto uma, para dar conta dos prazos. Em "A TURMA DO ARREPIO", que colorizei entre 2009 e 2010, contei com a ajuda do talentoso Fernando  Ventura.



4) Como você cuida da produção de livros didáticos desde 1998 na Editora Saraiva? Poderia nos contar sobre os novos lançamentos?
Trabalho na diagramação dos livros didáticos, mas também faço tratamento de imagens, capas, projetos gráficos e nesse último ano estou fazendo também produção de arte, que consiste em escolher os ilustradores certos para os mais variados tipos de textos que são publicados nos nossos livros. Tenho trabalhado com grandes artistas, muitos deles desenhistas de quadrinhos. Terminamos agora a produção dos títulos que serão utilizados pelos alunos em 2013.


5) Você poderia nos dizer (Se já aconteceu isso) qual foi o trabalho que mais te emocionou na confecção e no resultado final?
Foi com certeza "A PATRULHA DO UNIVERSO", da Disney. Gosto muito da história e adorei o resultado e a repercussão na época. Tenho todos os originais que pintei, em casa.


6) Como foi produzir "Luana e Sua Turma" e agora trazer de volta "A Turma do Arrepio"?

"Luana e Sua Turma" é um projeto do Aroldo Macedo, criador e primeiro editor da revista "RAÇA". Fui convidado a colorizar suas histórias desde a edição 1, que saiu nas bancas em junho de 2000. Depois, fui me envolvendo mais e passei a fazer a coordenação geral da revista. Foi um belo trabalho que resultou em 18 edições, que atualmente são vendidas pela internet. Os gibis da "Luana" são adotados em inúmeras escolas do Brasil todo, foi indicado ao Troféu HQMIX em 2006, e originou uma série de 4 livros publicados pela Editora FTD.
Já "A TURMA DO ARREPIO", eu queria muito trabalhar com ela e ofereci meu trabalho para o Cesar Sandoval. A primeira hq que colorizei saiu na edição 2, e a partir do número 3, passei a colorizar toda a revista, trabalho que antes era feito pela turma da própria Editora As Américas. No total saíram 8 edições. A colorização era a única coisa nova que tinha na revista, já que as hqs eram as mesmas da série de 1990, então, procurei incrementá-la não fazendo uma cor chapada, mas aplicando degradés, efeitos, para enriquecer a revista. Adorei fazer esse trabalho, e o público curtiu bastante.


7) Como você curte quadrinhos, qual seu personagem preferido? Lembra de uma história dele(a) que gostaria de reler?
Curto quadrinho brasileiro em geral. Não tenho um personagem preferido. Sabendo que é nacional, compro tudo o que sai. Gosto mais do quadrinho infantil, do humor ingênuo. Acho que é o gênero que mais deu certo pro aqui. Por isso que Disney é sucesso, Maurício é sucesso...o infantil aqui sempre vendeu bem.


8) Você poderia nos enviar um "desenho bruto" e depois mostrar - como ele fica com o seu ajuste final - para os visitantes do "Chutinosaco" entenderem melhor o seu trabalho?
9) Finalmente, gostaria de agradecer imensamente a sua atenção e pedirei que deixe uma mensagem para os nossos amigos do blog, sobre o futuro dos quadrinhos no Brasil?

Eu que agradeço a oportunidade de falar com o seu público. Peço a vocês que não deixem de comprar gibis nas bancas. Vamos ajudar esse canal de vendas, que já foi muito bom, mas está morrendo. As editoras estão se voltando para as livrarias, com álbuns em formato grande e preço alto. O nosso velho gibi está com tiragem cada vez menor. Vamos ajudar a Disney a continuar investindo em bancas. Vendendo mais, as editoras começam a investir em novos títulos, e isso resulta em uma maior variedade de revistas nas bancas, para todos os gostos. É isso aí. Sucesso para vcs e para esse blog sensacional! 


ALEXANDRE SILVA

Outubro 2012                

MICKEY 219

Janeiro de 1971 - começa mais uma saga do "Chutinosaco" para resgatar os "60 Anos da Revista Mickey no Brasil".
Aqui, além de Jack Manning - que é o autor da principal história do gibi - temos histórias nunca republicadas: "Rí, Palhaço" de Kay Wright - "Meu Carro Era Vermelho" de Phil De Lara - "Guia Pra  Cachorro" de Pete Alvarado - "Enguiço no Feitiço" de Glenn Schmitz e "Excursão Con...Corrida" de Jack Bradbury.
Scan e Tratamento: Rod Gibi


21.10.12

TIO PATINHAS 44

Mais três histórias de Tony Strobl nesta fase da revista  "Tio Patinhas": "O Milionário dos Truques", "Vieram do Espaço" e "Banqueiro Até o Último Centavo" - nunca republicadas. E Richard Moore apresenta: "Os Dez Que Ousaram" - e Phil DeLara : "O Zôo Ilógico".
Scan: Esquiloscans / Tratamento: Chutinosaco


NOVO LINK CORRIGIDO PARA DOWNLOAD

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...